Prestação de Contar

03:44 2 Comments


            Após alguns boatos de uma nova lei que para que a igreja seja isenta de impostos, ela tenha que prestar contas aos membros e ao governo, resolvi escrever este texto.

            Mas o que me chamou a atenção foi que quando estava no MSN, uma pessoa me chamou e me perguntou se eu era á favor das igrejas evangélicas mostrarem os seus gastos e o que estão fazendo com o dinheiro arrecadado, como se fosse uma prestação de contas para os membros.
                        Essa pergunta me deixou intrigado pela noite toda, fiquei pensando e repensando, falei com meu pai que é pastor também e ele concordou comigo.
            Primeiro quero dizer, que mesmo que quando nós damos a oferta na igreja, estamos dando para Deus, esse dinheiro relativamente não vai para ele (Afinal Deus não Precisa de Dinheiro).
            Atualmente muitos pastores têm achado que tem o “poder” nas mãos, por que tudo o que eles pedem os membros vão e “obedecem” seus conselhos. Já vi muitos pastores falando que a igreja estava passando por um momento financeiro difícil, e que era necessário que X membros dessem X de oferta para que as portas da igreja não fechassem, mas na verdade não era nada disso e sim projeções dele para algo da igreja ou até mesmo pessoal.
            O que mais me impressiono e indigno, são pastores que utilizam os membros para “sobreviver”, quando precisam de certo valor, e a igreja não dispõe desse valor, vai lá à frente, pega o microfone de Deus, e falando no nome dele diz que foi Deus que mandou as pessoas dar X de oferta. (E acreditem, tem muito isso).
            Eu acho que esses pastores não têm medo nem sabem o que estão fazendo, pois estão usando a obra de Deus á seu favor, e não tenho medo nenhum em escrever isso aqui, para mim pastor que faz isso é ladrão.
            O pior é pastores que tem um rebanho de membros humildes, e que ele se acha superior o bastante, e pior, quer ter uma vida diferente do que seus membros e até mesmo ás custas deles.
            Sempre aleguei, acho correto todas as igrejas sejam evangélicas ou não, chegarem e prestarem contas á todos seus membros,. Afinal é por eles que a igreja está aberta.
            Sou totalmente á favor dessa lei que deve ser aprovada, para que nós possamos ter uma noção do que está acontecendo nas igrejas, até para evitarmos injustiças,  onde uma faxineira da igreja ganha 500,00 e o pastor ganha 20 X mais, e o engraçado é que para muitos o Pastor tem que receber salário pois trabalha para a igreja, e uma faxineira, ou qualquer outra pessoa que presta serviços para igreja, está fazendo para Deus e é Deus que vai pagar, muitas vezes essas pessoas não recebem nada por esses trabalhos, que são os mais difíceis dentro da igreja, e o pastor recebe (não estou dizendo que pastor não deve receber salário, mas o salário de todos os empregados da igreja devem ser compatíveis, afinal o Pastor não é “patrão” e sim “empregado”).
            Enfim, voltando, acho também necessário que tome essas medidas a fim de mostrar também ao público que não são todas as igrejas que “roubam”. Na verdade a transparência devia ser uma coisa espontânea.
            Sei que esse assunto é polemico até demais, e já preparei minha caixa de emails para receber centenas de emails me elogiando pelo texto, e mais outras centenas me criticando falando que fui expressivo demais aqui, mas é a vida, nem Jesus agradou á todos.
            Aqui no BLOG, disponibilizei uma enquete para vocês expressarem suas opiniões referentes á esse tema.
            E para você, é correto as igrejas prestarem conta aos seus membros?
           

redeportal

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard. Google

2 comentários:

  1. É mais do que correto meu amigo!. Nem tem que ficar fazendo muita pergunta!.Afinal qual é o numero desta lei? Está mesmo já em vigor?????.

    ResponderExcluir

:)