Mixagem de um CD

11:46 0 Comments

Tudo gravado, hora da Mixagem e da Masterização!

Galera... a Mixagem não faz milagres!

Se é isto que você espera você ficara desapontado! Tem muita gente que grava as coisas de qualquer jeito e lança a famosa frase “deixa, depois agente arruma na Mixagem”.

A mixagem nada mais é onde se insere os efeitos como Reverb, Delay, Compressor, Equalizador, onde se ajustam as frequências e volumes de tudo que está gravado.

Às vezes você ouve o som de um instrumento e fala “nossa, abaixa isto, está muito alto!” e nem sempre isto é verdade. Às vezes este som está em uma frequência que incomoda o ouvido humano, então é necessário fazer um corte nesta frequência “X” e o problema se resolverá.

A grande verdade é que em tudo o que você for gravar já tem que gravar do jeito o mais próximo possível que você quer. Uma boa sonoridade vai depender da qualidade nos instrumentos, dos músicos, microfones, prés, cabos, sala e mixagem, e não só mixagem!

Outra coisa. Quanto mais coisa estiver rolando ao mesmo tempo, menos nitidez você terá em cada um, as vezes vejo música que rola 3 guitarras, 2 Violões, Piano, Cordas, Bateria, Baixo, Percurssão, Back, Voz etc… ufa… cansei só de escrever! (rs)

Quanto mais coisas tiver menos nitidez, ao aumentar um elemento outro ficará em menos destaque por isso o Arranjo vai acabar caminhando junto com a Mix. Tente preservar na gravação a hora de cada um "aparecer" e não terá problemas.

E por último na Masterização se ajustará basicamente a compressão da música (se ela terá mais dinâmica, ou menos) geralmente nela você acaba decidindo se quer que a sonoridade "abra" um pouco mais, se no geral quer que a música soe mais aguda para um pouco mais de nitidez mais aveludada ou mais grave, e é onde ainda se pode corrigir algumas frequência que sobram num contexto geral da Mixagem.

Geralmente acontece até de depois de Masterizado voltar para a Mix para se alterar uma coisa ou outra porque algumas coisas acabam destacando e outras "apagando" na Master.

Bom galera, é óbvio que um bom técnico faz a diferença e que um mau técnico coloca tudo a perder, mas tente ser objetivo na hora das gravações sabendo aonde você quer chegar, e lembre-se o resultado da Mixagem e da Masterização é questão de gosto cada um e cada um gosta de um jeito, tenha o seu, mas também respeite o gosto de cada um.

Espero poder ter ajudado com estas 5 dicas sobre uma boa gravação, se você não leu as anteriores acesse nos links abaixo.
- Identidade Musical
- Repertório
- Pré produção
- Hora de gravar

Grande abraço e Deus abençoe!
(Ed Oliver)

Fonte: Supergospel

redeportal

Some say he’s half man half fish, others say he’s more of a seventy/thirty split. Either way he’s a fishy bastard. Google

0 comentários:

:)